Restaurando o relacionamento conjugal

Dá pra restaurar um relacionamento conjugal?

romantic cute couple in love sad alone wallpapers (1)

Toda relação, mesmo não querendo, passa por momentos turbulentos. Por mais que haja amor, nenhuma relação nessa vida é só rosas, há os espinhos também e precisamos saber lidar com isso.

Quantas vezes, principalmente quando erámos mais novos tivemos vontade de fugir de casa? Quantas vezes aquele amigo nos deixou tão irritado que não queríamos nem vê-lo na frente e quantos casais que mesmo morando sob o mesmo teto nem se quer trocam uma palavra?

Com o tempo a vida ensina e nós aprendemos que muitas das vezes temos que dar o braço a torcer e que nem sempre estamos certos ou totalmente certos. Esse é o primeiro passo para a recuperação de uma relação. Não adianta você procurar formas para restaurar seu relacionamento se você não estiver ciente que tudo nessa vida é uma via de mão dupla.

Sugiro você seguir o passo a passo abaixo e depois conte-nos o resultado.

Passo 1

Primeiramente, em uma folha de papel coloque, em uma lista, tudo o que o parceiro tem de bom, aquilo que ajudou você a se apaixonar. Faça outra coluna com aquelas atitudes que desagradam. Pronto? Agora, pegue uma folha e faça o mesmo, agora falando de você.

Passo 2

Qual é a sua maior queixa, o problema principal? Desconfiança? Ele chega nervoso em casa e desconta em você?

sad2

Tenha Acesso a Nosso Conteúdo Exclusivo!

Coloque seu email e tenha acesso TOTAL e IRRESTRITO a nosso conteúdo exclusivo além de ficar por dentro dos eventos e BÔNUS do CONARE!

Passo 3

Qual é a sua rotina? E a dele?  

Essa pergunta é importante, mesmo que pareça irrelevante. Certa vez, uma amiga da minha mãe chegou chorando em casa, dizendo que seu casamento estava no fim e que haviam feito um “trabalho” visando o término desse relacionamento. Logo minha mãe fez essa pergunta à mulher que contou o seguinte:

Ele chega em casa, estressado e vai ao bar, volta tarde… Em seguida perguntou à ela o que ela estava fazendo quando ele chega do trabalho e ela respondeu vendo a novela.

Nesse caso, quando ele chegava do trabalho e ela estava vendo novela, mal dava atenção para ele. Tudo bem que o serviço da casa estava em ordem, a comida pronta e tudo mais, porém, mesmo que muita gente não ache, os homens gostam sim e precisam de conversar, contar o que aconteceu.

Como em casa não tinha ninguém para ouvi-lo, a solução era a roda de amigos. O casal em questão está muito bem casado até hoje, muita coisa mudou e hoje em dia até ele está mais calmo.

Passo 4

Converse!

Eu disse: CONVERSE e não disse: GRITE. Não há motivos para gritos e muito menos para uma longa DR. Esse tipo de atitude só piora as coisas. Afinal, você gosta que gritem com você? Exponha o problema, com calma, ouça o que o outro tem a falar. Caso o outro fale algo que você não gostou, diga algo que você faz e ele não gosta, reflita; às vezes, pode haver razão.

couple_arguing.jpg.size.xxlarge.promo

Passo 5

APENAS O NECESSÁRIO.

Você não pode reclamar 24 horas de tudo que a outra pessoa faz. Isso torna a relação desagradável. Quando discutimos apenas o necessário, faz com que a pessoa não crie uma mágoa e nem arme uma barreira de proteção.

É complicado quando as pessoas chegam em um ponto que só brigam, então, corrija isso. E mais, nada de só jogar críticas em cima do outro, elogie! Vamos usar um exemplo corriqueiro, sem muita importância, mas se for feito sempre, gerará danos: “Esse macarrão está salgado demais, horrível. Você não sabe cozinhar’’.

Substitua frases do tipo, que só denigrem para aquelas mais brandas, como: “O macarrão ficou bom de tempero, só está um pouco chegado no sal, da próxima fica mais atenta com o sal, mas o sabor está bom”. Afinal, errar a mão na cozinha é normal.

Acredita que muita gente faz escândalo com acontecimentos bobos assim? E se agirem de forma grosseira com você, tente ser o mais gentil possível, não estou falando que é fácil, apenas explique que não gostou e exija respeito.

Esse passo a passo que falei na verdade não é só para aqueles que querem restaurar o relacionamento, mas também para quem quer evitar esse desgaste. Qualquer relação exige paciência e boa vontade.


 

RECAPITULANDO:

– Antes de tudo: Calma e paciência;

– Aceite que se há um problema, ambos são culpados;

– Ninguém é perfeito;

– Converse, exponha seu pensamento sem brigas;

– Veja onde você pode estar errando, ouça o que o outro tem a dizer;

– Não brigue atoa.

Tenha Acesso a Nosso Conteúdo Exclusivo!

Coloque seu email e tenha acesso TOTAL e IRRESTRITO a nosso conteúdo exclusivo além de ficar por dentro dos eventos e BÔNUS do CONARE!

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + dois =